Michael Jackson

Publicado: julho 2, 2009 em Famosos, Músicas / Bandas

O astro da música pop Michael Jackson morreu, nesta quinta-feira, em Los Angeles, Estados Unidos, aos 50 anos de idade.

Michael-Jackson-no-longer-never

De acordo com o Instituto Médico Legal da cidade, o músico foi declarado morto por volta de 14h, horário local (18h, horário de Brasília), no centro médico UCLA.

Segundo um porta-voz do hospital, a causa da morte teria sido um ataque cardíaco.

Cerca de duas horas antes, paramédicos foram acionados para irem até a casa do cantor, depois de ele aparentemente ter parado de respirar.

Falando em nome da família Jackson, o irmão de Michael, Jermaine, afirmou que os médicos teriam tentado reanimá-lo por mais de uma hora, sem sucesso.

“A família pede que a imprensa respeite nossa privacidade durante este período difícil. Que Alá esteja com você sempre, Michael. Te amo”, disse Jermaine.

Um porta-voz do Departamento de Polícia de Los Angeles afirmou que uma equipe de roubos e homicídios irá investigar a morte de Jackson por se tratar de um “caso importante”, embora não exista nenhuma evidência de que possa ter acontecido algum crime.

Reações

O músico, que tinha um histórico de problemas de saúde, iria começar uma série de shows que marcaria seu retorno aos palcos, a partir de 13 de julho, em Londres.

No mês passado, preocupações sobre o estado de saúde do cantor vieram à tona depois do adiamento de quatro destes shows.

À época, no entanto, os produtores alegaram que os adiamentos teriam acontecido devido à complexidade dos espetáculos.

O israelense Uri Geller, amigo íntimo do cantor, afirmou à BBC estar “arrasado” com a notícia e “muito, muito, triste”.

Do lado de fora do hospital onde Jackson morreu, o reverendo Al Sharpton, ativista dos direitos civis, prestou uma homenagem ao amigo.

“Eu o conhecia há 35 anos. Quando ele tinha problemas, me ligava”, afirmou.

“Acho que ele não era tratado de maneira justa. Espero que a história seja mais gentil com ele do que parte da imprensa contemporânea”.

A jornalista Melanie Bromley, da revista de celebridade Us Weekly, afirmou à BBC que as cenas nas proximidades do hospital são de “confusão”.

“No primeiro momento, houve alguma descrença. Há centenas de pessoas no lado de fora do hospital UCLA esperando por notícias”, afirmou.

“Jackson estava comprando uma casa em Holmby Hills, em Los Angeles, e há fãs, repórteres e câmeras do lado de fora da casa”.

“Eu acredito que esta é a maior notícia no mundo das celebridades em um longo tempo e tem o potencial de afetar a cultura popular como a morte da princesa Diana”, disse a jornalista.

Carreira

Durante os mais de 40 anos de carreira na música, o artista se tornou um fenômeno, considerado o “rei do pop”.

Com o tempo, o sucesso das músicas, shows e vídeos lançados pelo artista, dividiram a atenção da mídia com alegações excêntricas sobre a vida doméstica de Michael Jackson.

Acompanhe os altos e baixos da carreira do artista.

1969- Primeiro contrato

Michael Jackson, o sétimo de nove filhos, se juntou ao grupo musical dos irmãos, Jackson Five, em 1964 e logo se tornou o cantor principal da banda. O primeiro contrato com a gravadora Motown foi seguido de diversos hits como I Want you Back, ABC, The Love you Save e I’ll be There.

A banda deixou a gravadora em 1975 por um contrato na CBS Records.

1978 – Off the Wall

Michael Jackson convida o produtor Quincy Jones para assinar a produção do primeiro disco solo. Off the Wall vende 10 milhões de cópias e traz clássicos como Don’t Stop ‘Til You Get Enough e Rock With You.

1982- Thriller

O músico lança Thriller, álbum considerado a obra-prima da carreira do músico. O disco é frequentemente citado como o mais vendido de todos os tempos, com mais de 65 milhões de cópias vendidas. Das nove faixas do disco, sete entraram nas paradas de sucesso.

No ano seguinte, Jackson estreia a moonwalk – passo de break que se tornaria a marca registrada do cantor – durante um especial de televisão da Motown.

No mesmo ano, ele convence o diretor John Landis de produzir o vídeo Thriller, no qual o artista aparece como zumbi e lobisomem. O vídeo, de 14 minutos, custou cerca de U$ 500 mil.

1984- Início dos rumores

As vendas de Thriller aumentam em 150 mil por semana e a “febre” Michael Jackson toma conta do mundo da música e do entretenimento.

Com o aumento de sua popularidade, começam a circular notas curiosas sobre a vida do artista em diversos tablóides, que alegam, por exemplo, que o artista dormiria em uma cama de oxigênio e estaria interessado em comprar os restos mortais do homem-elefante Joseph Merrick.

A partir deste ano, as excentricidades da vida doméstica do artista começam a aparecer na mesma proporção que seus sucessos musicais.

Ainda em 1984, o artista compra o rancho Neverland, com um parque de diversões e um zoológico.

1987- Bad

O vídeo clip Bad, dirigido por Martin Scorcese, mostra Michael Jackson com a pele mais clara, o que aumenta os rumores de que o músico teria feito uma cirurgia plástica e clareamento de pele.

Apesar dos rumores, a popularidade do músico continua subindo e o álbum Bad vende mais de 30 milhões de cópias.O sucesso do disco leva o artista a realizar a primeira turnê solo. Os shows são um sucesso de público e crítica.

Ao final da turnê, Michael revela, em sua autobiografia, que é “uma das pessoas mais solitárias do mundo”.

1991- Dangerous

De olho na popularidade do hip-hop, Michael Jackson chama o produtor musical Teddy Riley para trazer um tom mais “radical” ao seu novo disco, Dangerous.

Apesar de pouco aclamado pela crítica, o álbum novamente leva várias músicas do artista às paradas de sucesso, como

Black and White, Remember The Time e In The Closet.

No mesmo ano, ele convida a apresentadora Oprah Winfrey para uma visita a Neverland e conta, ao vivo, diversas histórias sobre sua vida pessoal.

Durante a entrevista, ele conta que sofria abusos do pai, confessa ter feito duas cirurgias plásticas e alega que a muidança de seu tom de pele seria resultado de um “problema que destrói a pigmentação da pele”.

1997- Hall da Fama

O artista entra no Hall da Fama do rock n’roll e supreende a todos ao se casar com a enfermeira Debbie Rowe, grávida de seu primeiro filho, Prince Michael.

No ano seguinte, o casal teve a segunda filha, Paris Michael Katherine. Eles se divorciaram em 1999 e Michael Jackson fica com a guarda das crianças.

2001- Invencível

O álbum Invincible consegue ficar por pouco mais de seis semanas nas paradas de sucesso. Apenas uma faixa do disco, Rock my World, é divulgada globalmente.

A vida pessoal do artista continua a causar controvérsia. Neste ano, ele é duramente criticado por balançar seu filho Prince Michael II, de apenas 11 meses, da janela de um hotel na Alemanha.

Em um documentário para a televisão, ele admite que divide a cama com crianças e questiona “por que não se pode dividir a cama?”

2003- Prisão

Após uma busca no rancho de Neverland, a polícia consegue um mandado de prisão contra o artista. Ele é acusado de molestar Gavin Arvizo, um menino de 14 anos. O artista se entrega e é preso.

Em 2005, depois de um julgamento que durou cinco meses, o artista é inocentado de todas as acusações.

Após o julgamento, Jackson se muda para Dubai, em meio a rumores sobre sua falência econômica.

Após sua morte o jovem, Gavin Arvizo pediu desculpa e anunciou em seu blog, na internet, que o cantor era inocente e que nunca o tocou. Que Gavin fez a acusação  forçado por seu pai que estava interessado em lucrar com o processo.

2009- O retorno

Michael Jackson vai a Londres anunciar uma série de shows, que estavam agendados para ter início em 13 de julho.

O artista morre, aos 50 anos, em Los Angeles.

Enterro

Michael Jackson pode ser enterrado pelas tradições muçulmanas. A família acredita que esse era o desejo do cantor.
O “Rei do Pop” se converteu a religião islâmica em 2008. Jermaine Jackson, um dos irmãos do astro, seria o responsável por ensinar o ritual aos parentes.

No rito islâmico, o corpo não é embalsamado e tem de ser enterrado em direção a Meca. Além disso, o enterro deve ser o mais próximo o possível do local da morte.

7B99361A3A8516552E1F93BD95D78

No “Daily Mail” desta quarta-feira (1), o corpo de Michael será exposto ao público antes do enterro.

O funeral começa nesta sexta-feira (3) e acaba no domingo (5), no rancho de Michael, o Neverland.

Estima-se que milhares de pessoas estarão presentes prestar sua homenagem ao astro.

O tablóide britânico “The Sun” divulgou informações sobre os preparativos de cerimônia. O corpo do cantor será transportado por uma carruagem branca pelo seu “parque particular”. Segundo o jornal, a família deseja uma velório digno de um príncipe. Funcionários já estão trabalhando para preparar o local para o evento.

O primeiro dia do funeral será dedicado aos fãs do cantor. No domingo (3), apenas familiares e amigos próximos participarão do enterro.

Nerverland foi comprado em 1988, seu nome é inspirado na história de “Peter Pan”. Michael construiu um verdadeiro parque de diversões no local, sempre inspirado no “menino que não queria crescer”.

Testamento

O testamento de Michael Jackson tem apenas cinco páginas. Mas traz detalhes importantes dos desejos do cantor antes de morrer.

TMZ”, confirma que Michael deixa a guarda de seus filhos (Prince, Paris e Prince Michael II) com sua mãe, Katherine. A surpresa é que o testamento coloca a cantora e amiga Diana Ross como segunda opção para cuidar dos três filhos do “Rei do Pop”, caso a avó das crianças não tivesse condições de ser a tutora.

Assim, a mãe biológica de duas das crianças, Debbie Rowe, não tem direito sobre os bens ou filhos de Jackson.

Segundo o testamento, todos os bens do cantor devem ir para um fundo familiar. Um outro documento dimensiona o espólio de
Michael em US$ 500 milhões. Mas nada em dinheiro. E sim composto por ações, imóveis e direito sobre parte das músicas dos Beatles.

Jackson também deixou indicado no testamento a distribuição de parte do seu dinheiro para uma série de instituições de caridade.

Era esperado que o pai do astro, Joe, ficasse de fora do documento. E ele realmente ficou. Michael Jackson disse várias vezes que apanhou do pai na infância. E que isso lhe deu diversos traumas. Em 2003, Joe Jackson confessou que surrou o cantor com um cinto quando ele era criança.

O testamento de Jackson estava com o advogado do cantor, John Branca.

Stevie Wonder homenageia Michael Jackson em festival

O cantor Stevie Wonder homenageou Michael Jackson na última terça-feira (30), antes de abrir o Festival de Jazz de Montreal.

“Devemos lembrá-lo e não chorar por ele. Não devemos cair no pessimismo”, declarou.

Na homenagem, Wonder interpretou a música “I Just Called To Say I Love You”, e completou dizendo que o mais importante é a herança musical que o astro deixou para o mundo.

Lisa Marie e Madonna comentam morte de Jackson

A “Rainha do Pop” Madonna, que teve um caso com Michael Jackson em 1991, ficou muito chocada com a morte do ícone da música mundial. Ela deu um depoimento à imprensa norte-americana super tocante.

“Não paro de chorar. Sempre admirei Michael Jackson. O mundo perdeu um dos melhores, mas sua música viverá para sempre”, disse, emocionada.

Quem se pronunciou à imprensa também foi a ex-mulher de Michael Jackson, Lisa Marie Presley.

“Estou muito triste e confusa. É uma mistura de várias emoções. Meu coração está quebrado por seus filhos, que eu sei que eram tudo para ele”, comentou, ainda em choque com a recente morte de seu ex-parceiro.

Paul McCartney fala sobre a morte de Michael

O ex-Beatle Paul McCartney, em comunicado à imprensa, disse: “Isto é tão triste e chocante. Me sinto privilegiado por ter trabalhado com Michael e passado tempo com ele. Ele era um menino-homem de talento descomunal e alma gentil. Sua música será recordada para sempre”.

Celebridades usam Twitter e lamentam morte de Jackson

O ator Ashton Kutcher fez mais de 10 postagens em três horas em seu Twitter, microblog pessoal, sobre a morte do cantor. Em um dos posts, Ashton diz: “Luto. Envio meu amor e luz para a família, amigos, e principalmente aos filhos de Michael Jackson”.

A esposa de Kutcher, Demi Moore, comentou a notícia da morte de Michael: “Estou muito triste pelas mortes de Farrah Fawcett e Michael Jackson. Principalmente pelos seus filhos”, lamentou Demi.

O músico Quincy Jones, que produziu o clássico “Thriller”, deu uma declaração à rede NBC dizendo estar abalado com a morte do astro. “Estou absolutamente devastado com esta notícia. Ele tinha tudo: talento, graça e profissionalismo. Perdi meu irmãozinho e parte de minha alma vai embora com ele”, declarou.

O ator e Governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, também divulgou uma nota sobre o ocorrido, afirmando que há questões muito sérias a respeito da vida pessoal de Jackson. Mas que ele e sua esposa se unem aos californianos para homenagear o ícone da música. “Nossos corações estão com a família Jackson, com os filhos de Michael e com seus fãs em todo o mundo”, disse.

O ator Jamie Foxx estava na rede de televisão americana “Extra” quando a noticia sobre a morte de Michael Jackson estourou. Foxx declarou que o cantor será sempre lembrado por ser um músico brilhante, e não pelo circo que faziam da sua vida pessoal.

O cantor John Mayer também prestou condolências: “Eu realmente espero que ele seja imortalizado com o ‘Moonwalking’ de 83”, disse, se referindo ao passo de dança mais famoso do cantor. “Incomparável, invencível, Michael Jackson”, concluiu.

O blogueiro mais famoso da internet, Perez Hilton, que sempre invade a vida das celebridades, fez um apelo pela privacidade da família de Michael: “Aos paparazzi e imprensa, por favor, dêem um tempo à família de Jackson. Não precisamos ver fotos e vídeos deles agora”.

A cantora Lily Allen se recusou a acreditar. “Michael Jackson morto? Não mesmo!”, desabafou em seu microblog.

A atriz Ashlee Simpson implorou que a imprensa estivesse errada sobre a informação de que Michael teria morrido. “Vamos ter esperança!”, disse.

Lindsay Lohan disse em seu Twitter que “está enviando seu amor à Michael Jackson e sua família”. Já Samantha Ronson, ex-namorada Linsday, fez um apelo: “Hey mundo, quer dar um minuto pra esse incrível e talentoso artista, antes de você começar a chorar a morte dele?”.

O apresentador Larry King também publicou uma nota em seu microblog. Ele entrevistou Michael Jackson, pela primeira vez, quando ele tinha apenas 12 anos, na época do Jackson 5.

Miley Cyrus
, conhecida pela personagem Hannah Montana, revelou estar abalada com o falecimento de Michael. “Michael Jackson foi minha inspiração. Com amor e benção”, disse.

A cantora e atriz Ashley Tisdale deixou uma singela homenagem ao astro pop: “Muito triste. Estou rezando por Michael Jackson”.

Joel Madden, do grupo Good Charlotte, publicou: “Foi um dia muito triste. Preciso de um tempo. Descanse em paz Michael Jackson”, lamentou.

Pete Wentz, da banda Fall Out Boy, escreveu um depoimento emocionante: “Nunca senti isso na vida.Eu posso ver minha infância até agora com o Michael crescendo nas paradas. Se isso é verdade, descanse em paz, a última lenda”.

Infelicidade

Enquanto o mundo chora pela perda de Michael Jackson, Sarah Silverman, também apresentadora, resolveu ironizar em seu Twitter: “Vocês ouviram que as crianças de Michael Jackson estão livres? Isso não é bom. Opa! Me sinto mal por ter dito isso”.

Algumas celebridades responderam ao comentário infeliz de Sarah Silverman. Foi o caso de Perez Hilton: “Sarah, eu te amo, mas essa foi baixa!”. Lindsay Lohan também não perdoou. “Sarah, estou muito triste com essa notícia. As pessoas precisam ter respeito com a privacidade da família de Jackson”, finalizou.

No Brasil

Por aqui, artistas também lamentaram a perda do “Rei do Pop”. Veja abaixo alguns depoimentos:

Supla: o cantor atendeu o Famosidades e recebeu a notícia por nossa reportagem. Assustado, Supla lamentou a morte do ícone do pop, mesmo não tendo acompanhado a carreira do cantor até o final.

“Eu me lembro que antes de ele passar por essas várias operações, eu o achava um máximo. Foi uma judiação a mudança que sofreu. Ele deixou em segundo plano o que era mais importante em sua vida, que era a música. Eu gostava muito dele no começo. Nesse final, depois que ele mudou, ele se transformou em uma pessoa esquisita demais. Eu não tinha mais vontade de acompanhar. Mas era um grande artista, desde criancinha estava nos palcos. É uma pena mesmo. Eu fico triste pela família, pelas pessoas e pelos amigos que gostavam dele. E também pelos filhos que ele deixou. É uma noticia que vem do nada, até parece boato”.

Sandy: A cantora, por meio de sua assessoria de imprensa, contou ao Famosidades que Michael fez parte de sua infância. Confira abaixo.

“Fiquei muito triste com a notícia. O Michael Jackson fez parte da minha infância, e foi um dos meus grandes ídolos. Na minha opinão, seu talento musical era indiscutível. Penso que ele é como uma lenda: imortal, vai ficar para sempre na história”.

Junior: O cantor e baterista, assim como a irmã, falou por meio de sua assessoria, e desejou paz para o Rei do Pop.

“Ele foi um dos maiores marcos da história da música. Pai de toda geração pop da atualidade. Fiquei muito triste eespero que ele descanse em paz”.

Gabriel O Pensador: o rapper, um dos mais importantes do país, afirmou que até seus filhos gostam de Michael. Em entrevista ao plantão da Globo News, Gabriel contou que, quando criança, brincava de imitar a dança do Rei do Pop.

“Ele deixou muita música boa, além de ser um “showman”. Ele trouxe inovação na dança, na música, no videoclipe. Realmente, ele era um artista diferenciado. Desde criança ele era muito talentoso, respirava música. Ele sempre foi rodeado de história polêmicas, mas acho que tudo fica muito em segundo plano comparado à obra dele. O que a gente vai lembrar sempre é o trabalho. Mostrei para meus filhos, de 7 e 4 anos, o trabalho de Michael e eles viraram fãs. Eles imitam a dança, o lobisomem do clipe de “Thriller”. Ele era realmente cativante. Eu lembro que conheci o trabalho do Michael quando eu tinha 10, 12 anos. A gente gostava das roupas e até dançava na escola. Ele foi a porta de entrada para outro tipo de som. Não existe substituto para Michael Jackson”.

Claudia Leitte: Cantora afirmou, por meio de sua assessoria, que Michael chegou até a inspirá-la em um show de 2006.

“Foi o maior artista do mundo, o mais completo e talentoso. Ele me impressionava em tudo que fazia. Tenho muita coisa sobre ele e aprendi com ele. Li uma biografia dele que me ajudou a entender o fenômeno que foi. Os clipes dele me impressionavam e às vezes, me assustavam. Ele marcou tanto minha carreira que em 2006 resolvi homenageá-lo em minha apresentação no Criança Esperança, interpretando um de seus clássicos, a canção “Thriller”. A performance se inspirou no clipe da música, que conta com dançarinos “mortos-vivos” e clima de filme de terror”.

Ed Motta: O cantor também lamentou a morte de Michael e disse, para Globo News, que o cantor estava vivendo sob pressão constante.

“A arte, de uma forma geral, perde um grande ícone, um grande soldado. Com certeza o nome dele não vai ser esquecido. E, com certeza, não era esperado por ninguém. O que ele sofreu hoje é muito por conta das tensões, as cobranças todas que ele passou nos últimos tempos. A vida estava cobrando coisas demais dele. A sociedade cobrou muito pesado, inclusive na questão dos shows que ele tinha marcado para nova turnê. Ele estava passando por um momento difícil”.

Gloria Maria: A jornalista acompanhou as gravações do cantor no Brasil e contou ao plantão da Globo News a impressão que teve ao conhecer Michael.

“Eu acompanhei toda a visita dele no Brasil. Desde a gravação do clipe no Pelourinho, com o Olodum, e também no Morro Dona Marta, no Rio. Ele não queria dar entrevista, mas aceitou falar comigo por 15 minutos. As pessoas insistem muito no chamado “processo de embranquecimento” dele, mas a verdade é que ele sofria sim de vitiligo. Ele tinha o corpo tomado pela doença. Não havia nenhuma necessidade de “embranquecer”. Meu encontro com ele foi forte. Ele foi uma pessoa simples e humana. Eu tive a imagem de uma pessoa fragilizada demais. E todo mundo fala de alergia, bactéria, que ele vivia isolado. Olha, eu subi o Dona Marta a pé, e cheguei lá no topo suja e suada. Ele me abraçou afetuosamente sem nojo algum. Ele era uma pessoa normal, e sem nenhuma das monstruosidades que costumam definir. Na gravação no Pelourinho, ele parecia uma criança. Ele pulava e gritava. Foi um momento de plenitude total, e eu tive o privilégio, como jornalista, de acompanhar esse momento dele. Como ser humano, ele sempre me interessou e fascinou. E eu sempre pressenti que ele era uma vitima da própria história”.

Luciano Huck: Em seu Twitter, o apresentador revelou que já havia comprado entradas para um dos shows de Michael em Londres, nesta nova turnê que estava marcada.

“Que loucura. Estávamos com ingressos na mão para o show de Michael Jackson em Londres no próximo dia 23/09! Temos várias homenagens que fizemos ao Rei do Pop no “Caldeirão” nestes 10 anos. Vou pensar algo legal para colocar no ar neste sábado”.

No post seguinte: “Decidi. Vamos manter o Caldeirão como estava programado neste sábado, porque está muito bacana, mas vamos dedicá-lo a MJ. Bizarrices a parte, MJ irá fazer companhia a Jonh Lennon, Elvis e outros poucos que mudaram a história da música”.

fonte: MSN & BBC

~x~x~

A notícia da morte do Michael me pegou de surpresa. Apesar de não ser fã dele, nunca desgotei do mesmo. Ainda não consigo acreditar que ele se foi. Tenho certeza de que ele e seu trabalho serão lembrados eternamente. Termino o post com  essa foto dele com os filhos, achei tão botnita essa foto. Adoro o sorriso no Michael.

mj_pics_0005_Layer_18_full[1]“…Meu coração está quebrado por seus filhos, que eu sei que eram tudo para ele”  {Lisa Marie Presley}

R.I.P M.J  ._.

comentários
  1. gracieb3 disse:

    🙂

  2. thais disse:

    sempre vou te amar michael

  3. thais disse:

    sempre vou te adora

  4. tiago disse:

    I love michael ,jamais esquecerei de michael.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s